Daniela Thomas

Autores

  • Sílvia Fernandes

Palavras-chave:

Daniela Thomas, Dramaturgia do espaço, Cenografia, Teatro, Cinema, Instalação

Resumo

O artigo aborda o trabalho multidisciplinar de Daniela Thomas a partir da noção de dramaturgia do espaço. A prática expandida por mídias diversas como teatro, cinema, artes plásticas e instalações é enfocada para indicar a tessitura de lugares múltiplos criada pela artista, que traduz a ideia do projeto em termos de construção espacial.

Biografia do Autor

Sílvia Fernandes

Possui graduação em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP), em 1978, Mestrado e Doutorado em Artes Cênicas tambpem pela USP, em 1988 e 1995. Realizou Pós-doutoramento na Universidade de Paris 8, em 2003, e na Universidade de Lisboa, em 2009. É professora titular do Departamento de Artes Cênicas da USP, atuando nas áreas de teoria e história do teatro. Realizou pesquisas sobre os grupos teatrais dos anos 1970, a encenação brasileira contemporânea, o simbolismo no teatro brasileiro, os processos colaborativos dos anos 1990 e 2000, os conceitos de teatralidade e performatividade referidos às criações dos grupos Teatro da Vertigem e Cia dos Atores. É coeditora da revista Sala Preta, do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da ECA/USP. (Fonte: Currículo Lattes).

Referências

BERNARDET, Jean-Claude. Entrevista, Revista Época, 26 jan. 2004.

GUZIK, Alberto. “Eletra com Creta: irresistível provocação”, Jornal da Tarde. São Paulo, 30 de abril de 1987.

MENDES, Adilson. (org.), Ismail Xavier. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2009, p. 139.

SOTERO, P. “Talentos casados”, Isto É. São Paulo: 29 fev. 1984.

THOMAS, Daniela. “Poesia cênica por Daniela”, programa da

Trilogia Kafka, 1988.

______. “Entrevista”, Sala Preta, São Paulo, n.4, 2004, p. 175.

______. “Cinema 360 graus”, entrevista a Marco Aurélio Fiochi e

Mariana Lacerda, Itaú Cultural. Disponível em:

materia=714>.

Downloads

Publicado

08/07/2015

Como Citar

Fernandes, S. (2015). Daniela Thomas. Olhares, (2), 166-181. Recuperado de https://www.olharesceliahelena.com.br/index.php/olhares/article/view/41